7 Dec 2013

Meu Voto

(view this post in english)

Atualmente existe uma conversa acontecendo na Aliança Estrelar sobre a enumeração das leis da criação, e nossa civilização humana foi convidada para esta discussão então cá estou, argumentando meu ponto de vista.

Anteriormente nos foi comunicado que existem quatro leis da criação, sendo:


  1. Você Existe.
  2. O Um é Todos, todos são o Um.
  3. O que você põe pra fora é o que você recebe.
  4. Tudo muda, exceto as três primeiras leis.


E a proposta agora é expandir essa lista para cinco, sendo::


  1. Você Existe.
  2. Tudo está aqui e agora
  3. O Um é Todos, todos são o Um.
  4. O que você põe pra fora é o que você recebe.
  5. Tudo muda, exceto as três primeiras leis.


Esta discussão é apresentada na palestra do Bashar intitulada "A quinta lei". Naquele vídeo, ele pergunta pessoas da platéia qual é seu voto, e que opção eles gostavam mais, e as pessoas votaram unanimemente por cinco leis, citando em sua maioria "Clareza" como o motivo de sua escolha.

Concordo que claridade exume da lista de cinco. Também gosto do conceito que cinco é o número da humanidade. Quatro parece um número mais estável, cinco parece mais... esotérico.

Acredito que cinco leis tornam mais claro porque "Tudo está aqui e agora" não é um conceito fácil de extrair da lista de quatro. Leia-a novamente. Parece óbvio? Acho que não.

Em minha experiência incorporando os ensinamentos de Bashar e vivendo com eles, achei dois conceitos difíceis de acompanhar: que espaço e tempo são ilusões, e que o lado de fora não existe, é um reflexo. E sincronisticamente, quando conheci Bashar estava lendo livros sobre esses mesmos conceitos.

Claro, se "eu existo" e "O Um é Todos, todos são o Um" devo concluir que eu sou eu mas eu sou também a cadeira em que sento, todas minhas vidas passadas, Machado de Assis, eu sou "você", caro leitor; e para que eu possa ver essas coisas, tempo e espaço têm que aparecer de fora para que essa fervilhante sopa de partículas que sou possa fazer algum sentido (sentido implica espaço), possa olhar para si e pensar "ah! Vejo".

Mas é um grande salto a se dar. Remover espaço e tempo da nossa estrutura mental não é simples, está integrada. Precisa muita imaginação.

Então adicionar o lembrete que "tudo é aqui e agora" é bom, porém, eu tenho duas críticas.

Primeiramente, eu não gosto da palavra "tudo". É muito mal utilizada. É parte do que eu chamo "as quatro palavras englobantes": nada, tudo, sempre, nunca. Humanos utilizam essas palavras tão incorretamente - "todo mundo faz isso" - que elas perderam o poder conectado ao absolutismo a que se referem. Você consegue sequer imaginar "TODO" o mundo? Claro que não.

Então eu mudaria as palavras.

Em segundo lugar, acredito que a ordem deve ser modificada também. "Tudo está aqui e agora" só pode ser concluído das outras leis se pensarmos nas primeiras duas, não somente a primeira.

Então minha sugestão é para cinco leis, enumeradas:


  1. Você Existe.
  2. O Um é Todos, todos são o Um.
  3. O Um é agora, tempo e espaço são suas perspectivas
  4. O que você põe pra fora é o que você recebe.
  5. Tudo muda, exceto as três primeiras leis.


Desta maneira nos livramos do "tudo" e reforçamos o fato que tempo e espaço são perspectivas do eu.

Acho muito interessante que essa nova adição reforça o conceito da agora-quinta lei, que tudo - e aqui a palavra é usada corretamente - muda, exceto as quatro leis anteriores; desta maneira até mesmo a última lei é sujeita a mudança, incluindo a *ordenação* das leis anteriores!

Eu comprei "A Quinta Lei" depois de um hiato de assistir vídeos do Bashar, porque senti a necessidade de processar internamente o que havia assistido anteriormente. Sincronisticamente, o que eu havia assistido por último era "Bashar 2.0", onde ele nos diz que de agora em diante iria nos tratar como turma:

"We will begin in a new way, with a new approach, by saying: 'Good Morning, class' "

Esta interação "the 5th law" pareceu muito com uma aula. Percebi logo no início, e fiquei muito feliz; existe muita sincronia acontecendo em todos os agoras, e muita consistência nessas palestras. Eu as amo =)

Estou muito feliz de poder perceber estas formas-pensamento, integrá-las no meu eu e ter uma melhor experiência dessa linda chuva de Deustículas passando por mim. Estou aprendendo muito, e esta é minha opinião sobre a questão das leis.